Enrique Cerezo

Produtor, distribuidor cinematográfico e Presidente da EGEDA

Iniciou sua carreira em 1966 com a filmagem do longa Un millón en la basura, de José María Forqué. No final dos anos oitenta, começa a produzir grandes sucessos do cinema espanhol: Cómo ser mujer y no morir en el intento, Todo es mentira (em títulos originais), entre outros. Nos últimos dez anos, produziu mais de setenta filmes, entre as quais se destacam Las Brujas de Zugarramurdi, La pata Quebrada, Brujas, La buena estrella, La hora de los valientes, You’re the one, El oro de Moscú, Juana la loca, Las 13 rosas e Todos estamos invitados (em títulos originais). Porém, o mais relevante de seu trabalho se reflete na VIDEO MERCURY FILMS, empresa fundada em 1980 e dedicada exclusivamente à recuperação do cinema espanhol. Além disso, desde 1998 é presidente da EGEDA (Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Audiovisuais).

Artigos publicados na UNO