01_2

Ao longo dos anos, a Responsabilidade Social Corporativa produziu um eco em todas as grandes empresas. Não há nenhuma grande ou média empresa nacional ou multinacional que não conte com área dedicada à prática da RSC, o que já representa em si uma grande conquista e um sinal de maturidade do nosso panorama empresarial. Nos últimos anos, tornou-se claro que a tendência a seguir consiste em fazer com que a Responsabilidade Social Corporativa absorva também a cultura empresarial em todos as suas vertentes, de cima para baixo e de baixo para cima, ou seja, coloque a disciplina no core business da própria gestão da companhia.

A sustentabilidade do negócio depende, em grande medida, da reputação deste, sendo a RSC uma peça-chave desta engrenagem

Esta edição da revista UNO aborda os novos desafios e oportunidades para uma correta estratégia e implementação da Responsabilidade Social Corporativa (RSC) em um novo cenário, baseado em um mercado exigente de capital su01_1stentável e inclusivo.

Casos recentes da má práxis na gestão do impacto do negócio na sociedade e no meio ambiente colocaram de volta na agenda empresarial e institucional a necessidade de contar com estratégias sólidas de RSC. O mercado baseado no capital, onde soluções de curto prazo eram tomadas, deu lugar a um novo paradigma no qual a sustentabilidade do negócio depende, em grande medida, da reputação deste, sendo a RSC uma peça-chave desta engrenagem.

Nos encontramos em um ponto de inflexão? A RSC perdeu sua credibilidade na sociedade? Ou, ao contrário, mais do que nunca é o momento de fortalecer a prática? Sem dúvida, nos encontramos em um novo cenário onde a comunicação da RSC, ou seja, comunicar as oportunidades empresariais, os riscos e os progressos para os públicos-alvo, por meio de uma estratégia multicanal, assume uma importância vital para assegurar o sucesso do negócio.

Da mesma forma, com este novo número, pretendemos lançar luz sobre onde esta disciplina está indo, quais os seus maiores desafios na atual fase e as oportunidades que se apresentam. Para isso, contamos com grandes conhecedores que traçam reflexões que, esperamos, venham a ser de seu interesse.